ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • Plataforma Reforma Política

Seminário “Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: o que está em jogo nestas negociações?

08/09/2014

A Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), o Artigo 19 e a Fundação Friedrich Ebert (FES), têm o prazer de convidá-lo(a) para o seminário Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável: o que está em jogo nestas negociações? Análises e estratégias da sociedade civil.

O período entre 2013 e 2015 é de fundamental importância para o futuro das atividades da ONU, de outros organismos multilaterais, de governos e de entidades da sociedade civil que trabalham questões relacionadas ao desenvolvimento humano sustentável, nos três pilares centrais tratados pelas Nações Unidas: econômico, social e ambiental. Em sua 68ª Assembleia, realizada em Nova York em setembro de 2013, a ONU definiu os processos da chamada “agenda pós-2015” que culminará na aprovação dos novos
Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS.

A etapa final de definição dos ODS se inicia na 69ª Assembleia Geral da ONU que terá início em 16 de setembro próximo. As referências para a Assembleia serão os relatórios do Grupo de Trabalho Aberto, do Comitê de Peritos em Desenvolvimento Sustentável e o do Painel de Alto Nivel, (julho/ 2014). Com todas essas informações, o Secretário Geral fará seu informe para a 69ª Assembleia que definirá os passos seguintes da negociação.

No caso do Grupo de Trabalho Aberto, que resultou em um relatório com 17 propostas de ODS, este contou com considerável influência de organizações da sociedade civil global e levanta questões chaves, que precisam ser trabalhadas internamente nos países. Aqui no Brasil precisamos dar continuidade ao trabalho de articulação entre a sociedade civil e continuar dialogando com o governo brasileiro para construção de uma posição nacional que reflita nossos anseios e demandas.

Nesta conjuntura, algumas questões nos parecem importantes: A abordagem de “sustentabilidade” e “desenvolvimento” está de acordo com os interesses dos movimentos e organizações sociais e sindicais brasileiros? E como o governo brasileiro pode levar as demandas da sociedade civil adiante? Ao mesmo tempo, é necessária e urgente maior apropriação e compreensão dos ODS pelo amplo conjunto das organizações brasileiras e pela própria sociedade como um todo. Para isso é fundamental compartilhar informações, aumentar a visibilidade do tema nas diferentes mídias e aprofundar o debate sobre os eixos que compõem esse novo programa e as principais questões e tensões políticas em cursos nas negociações intergovernamentais.

A Abong, o Artigo 19 e a FES, buscando compartilhar conhecimentos e construir reflexões críticas/propositivas sobre a negociação dos ODS, coloca em perspectiva a demanda de incidência e mobilização das OSCs no processo e convida organizações e movimentos sociais e sindicais para participar deste espaço de reflexão sobre a agenda  pós 2015 no intuito de mobilizar socialmente esta pauta e incidir junto ao governo brasileiro.

Confira a programação completa do Seminário aqui.

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Vila Buarque - CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca